Windows Live Messenger + Facebook

terça-feira, 27 de julho de 2010

ATITUDES NA ADORAÇÃO (Alma)

Ao falarmos sobre as atitudes na adoração, temos as atitudes relacionadas com o espírito (o nosso espírito), as relacionadas com a alma e as relacionadas com o corpo. Em postagens anteriores falamos sobre as atitudes relacionadas com o espírito.
Entraremos para as ligadas a alma.
É de relembrar que nós somos espírito, alma e corpo, razão pela qual a nossa adoração deve ser espiritual, emocional e física, embora já tenhamos falado sobre a excepcionalidade do espírito (do homem) na adoração. (obs: rever Atitudes na adoração 1 e Como adorar?).

ENVOLVIMENTO


Conhecendo o Deus que adoramos. Mais pra frente falaremos de intimidade e comunhão, mas é importante por agora levar em conta o seguinte: não tem como achegar-se a Deus e permanecer indiferente a Sua presença.

É necessário que haja envolvimento.
Para nos envolvermos é necessário que haja alguns ingredientes:

1. Amor


2. Desejo


3. Paixão


4. Afecto


5. Atracção


6. Segurança

Parece ser um pouco irreverente falar nesses termos quando se trata de nos dirigirmos a Deus, mas é bom lembrar: DEUS É AMOR E ELE BUSCA AMOROSAMENTE FILHOS APAIXONADOS QUE O ADOREM COM TUDO O QUE LHES ESTIVER AO ALCANCE!

Quando nos lançamos apaixonadamente nos braços do Pai, não há nada que nos possa tirar dali, o envolvimento fala de tornar-se um com o outro, fala de aconchego, fala de lançar-se perdidamente nos braços de… fala de deixar nossa vida a inteira disposição de…fala de deixar-se levar, fala de ROMANCE.

O salmista conhecia muito bem esta realidade:
Como a corça pelas correntes de águas, assim por Ti, ó Deus suspira a minha alma.
A minha alma tem sede de Deus…”Sl. 42:1-2
Quão amáveis são os Teus tabernáculos. A minha alma suspira e desfalece pelos Átrios do Senhor, o meu coração e a minha carne exultam pelo Deus vivo”.
Pois um dia em Teus átrios vale mais do que mil, prefiro estar a porta da Casa do meu Deus…” Sl.84

Só seremos capazes de nos envolvermos em adoração se conhecermos o Deus que adoramos, senão jamais provaremos de segurança e ninguém se lança nos braços de ninguém sem segurança do que está fazendo.

O adorador precisa conhecer Deus, precisa ter vida com Deus, precisa de experiências, precisa viver algo na ILHA COM DEUS. Sabemos que a adoração baseia-se na realidade acerca de Deus, se eu não O conhecer não saberei o que devo ou não devo falar, o que devo ou não devo fazer, daí a importância de ter comunhão e intimidade com Deus.

O adorador precisa ser filho, amigo e servo”, mais a frente falaremos deste ponto.
Na segunda definição de adoração falamos sobre a plenitude de amor que encontramos em Deus, o que nos leva a adorar, pois é esta plenitude encontrada que nos leva a envolver-se na atmosfera de amor jamais encontrado, ninguém é capaz de permanecer indiferente ao amor de Deus. Este amor abrange as mais profundas entranhas de nossa essência.

Quer experimentar envolvimento na adoração?

Você precisa amar a Deus.
Você precisa desejar a Deus.
Você precisa se apaixonar.
Você precisa ter afecto.
Você precisa deixar-se atrair por Deus.
Você precisa ter segurança e confiar incondicionalmente.

BENÇÃOS MIL!!!!!!!!!!