Windows Live Messenger + Facebook

sexta-feira, 3 de julho de 2009

O CAMINHO PARA ADORAÇÃO – UMA VISÃO DO TABERNÁCULO (Introdução)


Entraremos agora no imenso oceano da adoração, veremos a mesma como um processo.
Viajaremos para o Antigo Testamento onde tiraremos a base para este processo: O Tabernáculo. Os passos que damos no processo de uma verdadeira adoraçao (hoje), estao precisamente baseados nos mesmos passos para o acesso ao Santo dos Santos do tabernaculo (antigo testamento). Se o leitor acompanhar o estudo, compreenderá os passos necessários para tornar-se um verdadeiro adorador e achegar-se ao Trono de Deus.
Nao se trata de uma fórmula que darei aos irmaos par tornarem-se adoradores, ser adorador nao se alcança com fórmulas, é um processo, é vida e muito mais. Entre neste oceano!

Encontrava-se no centro da congregação, era o centro da adoração, não era um acampamento de férias, mas havia muitas tendas e bem no centro estava a casa de Ouro. Um povo constituído por 12 tribos, cuja disposição formava um quadrado: três tribos ao leste, três ao sul, três ao oeste e três ao norte.

Cada família tinha as suas preocupações, tristezas, brigas, miséria, etc. exactamente como nos nossos dias, corações cheios de orgulho, egoísmo, ódio, aversão, pensamentos impuros, etc.
Porque Deus colocaria a Sua Casa no meio de um povo como aquele? Precisamente pelo facto de Se interessar por aquelas pessoas e querer viver no meio delas.

Esta Casa não é uma mera planta de construção de um edifício, não; é um quadro poderoso e vivo, revelando os pensamentos do Seu Criador.

"Cada detalhe tem o seu significado. Esta Casa não podia ser edificada segundo ideias humanas, devia ser edificada porque Deus tinha um desejo: Ex. 25:8/ Ex.24:18
O tabernáculo seria algo que homem algum teria imaginado".

VISÃO DO TABERNÁCULO

Um cercado de cortinas de linho suspenso entre firmes colunas, 100 côvados de cumprimento e 50 de largura. As cortinas, bem brancas, contrastando com as tendas cinzentas ao redor, transmitem a impressão da pureza e santidade que se requer lá dentro. E que altura: dois metros e meio! Assim ninguém pode olhar por cima.
Não se dá assim, prontamente as boas vindas, é como se estas cortinas dissessem: Entrada proibida. O assunto é sério. O acesso á Deus é condicionado, pelo menos no sentido de pureza: Deus é Santo.

A porta: É ampla – 20 côvados, cerca de 10 metros, é bonita, magnífica, um bordado com estofo azul, púrpura, carmesim sobre um fundo branco. Estas cores tornam a porta atractiva, convidando a entrar, ela nos fala da pessoa de Jesus.
A porta não é de madeira ou metal, mas uma cortina.
Há somente uma porta, o próprio Senhor deu-nos o significado desta porta: Jo.10:9/ Ef.2:18/ ef.3:12/ I Tm.2:5.

1 comentário:

  1. ola bom dia meu nome é pr. Adailson miguel malagotti, louvo onome do Senhor Jesus,pois ainda existe os verdadeiros adoradores neste mundo tão cheio de problemas, este estudo é de grande importancia para os cristãos conhecerem os passos para esta verdadeira adoração a Deus

    ResponderEliminar