Windows Live Messenger + Facebook

quinta-feira, 18 de junho de 2009

A Quem adorar?


Eis ai a questão mais importante que está na base da adoração: A quem adorar?
O Universo foi criado com um propósito principal: dar glória a Deus. Antes da fundação do mundo, já existia adoração. Deus sempre foi adorado por toda Eternidade. O Universo foi formado e tudo continuou dando glória a Deus, por toda a eternidade jamais se achou outro a Quem fosse direccionada a adoração senão Deus.
Mesmo quando Lúcifer se rebelou contra Deus, sendo lançado para fora, tentando ser igual a Deus, querendo de uma ou outra forma receber também adoração, ainda assim o caminho da adoração continuou virado para o Trono de Deus.
Ao longo do tempo em que o homem foi se apartando do caminho de Deus, este foi levado a adorar a homens, objectos, coisas, fenómenos, etc.
Em todo o Universo, somente duas das criaturas "falham" em glorificá-Lo: anjos caídos (demónios) e nós (homens).


Todos os pecados, basicamente consistem na incapacidade de adorar ou dar glória a Deus, ou seja amando qualquer outra coisa mais do que a Deus.

A Bíblia mostra-nos como o homem foi adorando coisas expressamente proibidas.

Dt. 4:19/ Dt.17:2-5/ II Rs. 17:16/ Jo. 31:26-28/ Jr. 19:13/ Ez. 8:16-18

Este é um pecado gravíssimo (embora todos sejam) diante de Deus, este pecado tem o nome de Idolatria.

Ídolo pode ser tido como qualquer coisa que amemos mais que a Deus e a adoremos. Pode mesmo ser uma pessoa, uma roupa, um acto, um animal, um fenómeno, uma imagem, desde que a coloquemos acima de Deus ou "esteja entre nós e Deus" e a adoremos, já é um ídolo.


Acima do Senhor só o próprio Senhor. Veja alguns exemplos:
I Rs. 16:30-34/ I Rs. 18:21-40/ Lv.17:7/ Dt.32:17/ Ap.9:20

O assunto é sério e sério demais, se não fosse tão sério Deus não daria tanta ênfase no assunto colocando em primeiro lugar os dois mandamentos relacionados com adoração a Deus – Ex. 20:3-5.

1 Não terás outros deuses diante de Mim
2 Não farás para ti imagens de esculturas nem semelhança alguma do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não as adorarás, nem lhes darás culto, porque Eu Sou o Senhor teu Deus, Deus zeloso, que visito a iniquidade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração, daqueles que me aborrecem.

Em muitas outras passagens o Senhor ordena ao povo que não adore á outros deuses nem se prostre á ídolos. II Rs. 17:35-36/ Sl. 81:9/ Jr. 25:6
Adorar tudo o mais significa negar a grandiosidade de Deus, ao fim, significa negar a Deus, mas ao fim de tudo vemos que até os demónios reconhecem que O Merecedor de toda adoração é Deus – Tg. 2:19 e todo o joelho dos que estão nos Céus, na terra, e debaixo da terra se dobrará e toda a língua confessará que Jesus é o Senhor para a glória de Deus Pai.

O Único digno de receber a nossa adoração é Deus; adorar é o nosso primeiro dever para com Deus. Mt.4:10/ I Cr. 29:10/ I Sm. 7: 3

Sem comentários:

Enviar um comentário